Lugares assombrados: os mais famosos na Noruega

Lugares assombrados: os mais famosos na Noruega

Oi pessoal,

Enquanto estava lá no ES, eu acabei vendo no Facebook um vídeo de um antigo parque de diversões carioca, o Terra Encantada. Apesar do estado do parque que já não existe mais, o vídeo me trouxe lembraças boas! Nunca frequentei o Terra Encantada como frequentei o Wet ‘n’ Wild do Rio, mas os dois fizeram parte da minha infância! Os parques hoje em dia são apenas ruínas do que um dia foi algo que me proporcionou maravilhosas experiências, os brinquedos, em sua maioria, estão irreconhecíveis e tudo está alagado, uma cena bem triste!

Quando eu era mais nova, me achava completamente medrosa. Com meus 15 anos de idade passei a assistir programas da A&E como Psychic Kids e Paranormal State, pois queria provar para mim mesma que poderia perder o meu medo de filmes de terror e coisas do tipo, haha! Eu tinha problemas para dormir, pesadelos e falatórios durante o sono eram constantes, então, desde sempre, eu fiquei fissurada em fantasmas, pós-morte, sonhos, etc etc (sim, sou estranha). Mas só foi depois de assistir tais séries de TV que comecei a me interessar por lugares abandonados e assombrados. As terças-feiras eram religiosas para mim — NINGUÉM PODIA ME INCOMODAR. Começava assistindo A&E e depois trocava para o Syfy, para ver Ghost Hunters e Ghost Hunters International… bons tempos, bons tempos!

Nessa vibe de Halloween fora de época, listarei alguns dos lugares assombrados e abandonados na Noruega:

1. Pyramiden

É uma cidade fantasma soviética localizada no arquipélago norueguês de Svalbard, no ártico. Ela foi uma comunidade russa de mineração que havia sido fundada em 1910 pela Suécia e vendida anos mais tarde para a União Soviética, em 1927. Seu nome ‘Pyramiden’ foi dado devido a uma montanha em forma de pirâmide.

Durante o século XVII, as ilhas do ártico não pertenciam a ninguém, elas eram utilizadas para captura de baleias e morsas por diversas nações. A partir do século XX, o interesse mudou, agora os países estavam focados em investir na mineração, e, assim, a soberania sobre o arquipélago foi concedida à Noruega através do tratado de Svalbard, inicialmente assinado pelos Estados Unidos e Grã Bretanha. Embora este dissesse explicitamente que a Noruega era — em teoria — soberana sobre as ilhas, nem todas as leis norueguesas se aplicariam ao local, e que por isso, qualquer país signatário poderia praticar atividades comerciais sem qualquer restrição no lugar. A União Soviética — que também assinou o tratado — aproveitou-se da liberdade comercial e conseguiu adquirir direitos para usar os campos de carvão em Pyramiden e Barentsburg.

Somente após a Segunda Guerra Mundial que Pyramiden começou a se desenvolver como uma cidade, mais de 1000 pessoas moravam lá. Ginásios, centros educativos, prédios, escolas, parques, piscinas, hospitais, entre outros, foram construidos. Um piano foi trazido de barco para a cidade e atualmente ele é o piano mais setentrional do mundo.

Depois do colapso da URSS  em 1991, os subisídios que suportavam a produção da Arktikugol  — empresa de mineração instalada em Svalbard  — começaram a diminuir. Houve escassez de comida, baixos salários e condições precárias de vida. A verdade é que, mesmo em seus dias de ‘glória’ as minas de carvão de Pyramiden nunca foram uma fonte rentável.

Em 1996, uma tragédia aconteceu, um avião fretado pela mesma empresa caiu perto de Longyearbyen — a cidade mais populosa de Svalbard — e 141 pessoas morreram, muitas delas eram trabalhadores de Pyramiden ou parentes dos mesmos. Houve uma ação conjunta contra a Arktikugol, o que levou ao encerramento das suas operações na cidade.

2. Fortaleza de Akershus

Dizem ser o local mais assombrado da Noruega. Muitas pessoas foram aprisionadas e executadas lá. Os funcionarios que trabalham lá já disseram ter ouvido sussuros. Muitos dizem que já foram puxados ou empurrados por forças ‘sobrenaturais’. As pessoas reportaram ter escutado gritos e barulho de correntes a noite.

Sua construção foi iniciada em 1299 por Håkon V num momento em que a Oslo tinha 3000 habitantes, cinco igrejas e três mosteiros. Muitas pessoas perderam suas vidas lá, principalmente durante a Segunda Guerra Mundial.

3. Dalen Hotel
Thon Hotels

É um Hotel luxuoso localizado em Tokke, Telemark. Ele é uma das maiores construções de madeira da Noruega e um dos hoteis mais bem preservados desde 1800. Hans Larsen, Lars Rød e Anton Hansen, foram os responsáveis por tomar a iniciativa de construir o hotel e o arquiteto escolhido para realizar o projeto foi Haldor Børve.

Após a sua inauguração em 1894, o hotel chamou atenção de figuras importantes da realeza de toda a Europa e durante as ocupações em meio a Segunda Guerra Mundial, ele foi usado por oficiais nazistas.

Apesar de Dalen ser considerado “um conto de fadas”, sua história diz o contrário. Em 1800, uma inglesa chamada de ‘Senhora Greenfield’, se hospedou no hotel. Ela estava grávida, mas ninguém sabia. No dia seguinte, uma empregada encontrou um bebê morto em cima da cama do quarto no qual a mulher tinha passado a noite. Após seu retorno à Inglaterra, a mulher tirou sua própria vida.

O quarto onde Greenfield supostamente esteve é o número 17. Hoje em dia, muitos dizem ouvir choros de bebê e ver uma moça vestida de cinza/branco no mesmo.

4. Catedral de Nidaros
Wikipédia

Foi fundada em 997 e foi construida por Olaf Trygvesson.  É uma das catedrais mais importantes da Noruega e está localizada em Trondheim. É o lar do fantasma mais famoso do país, “o monge”.

5. Fortaleza de Fredriksten
Geocaching

A fortaleza foi construída durante o século XVII, durante a união da Dinamarca-Noruega. O nome foi dado em homenagem ao rei Fredrik III da Dinamarca e Noruega.

Em 2010, o Ghost Hunters International foram ao lugar para investigar sobre a mulher de branco — “hvite dame” em norueguês — que muitas pessoas pareciam ter visto por lá. A equipe da TAPS (The Atlantic Paranormal Society) não conseguiu provar que existe de fato atividade paranormal no lugar, mas a lenda segue.



4 thoughts on “Lugares assombrados: os mais famosos na Noruega”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *